Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Flávio Koch participa do 8º Seminário Brasil Mais Simples em Brasília

Redesimples e Registro Mercantil brasileiro foram destaques no Seminário

Publicação:

IMG 20190607 WA0066 (1) (2)
Presidente da JucisRS, Flávio Koch (centro) participou dos debates sobre a Redesimples e Registro Mercantil brasileiro
Por Denise Rodrigues

A Redesimples e as questões relacionadas à simplificação dos processos de abertura e legalização de empresas no ambiente dos negócios e o Registro Mercantil foram alguns dos destaques do 8° Seminário Brasil Mais Simples, que encerrou na última sexta-feira (7), no Centro de Eventos Brasil 21, em Brasília. O evento é uma iniciativa do Ministério da Economia e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), com a participação dos parceiros da Redesimples: servidores dos órgãos públicos envolvidos no registro e licenciamento de empresas, prefeituras, contadores, entre outros. O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel proferiu na  abertura (6) a palestra magna do 8º Seminário Brasil Mais Simples.

O presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS – Flávio Koch, destaca que o debate sobre a Redesimples e a troca de experiências entre os participantes tem sido fundamental para que a ferramenta seja mais difundida em todo o País. No RS, 166 municípios integram à Redesimples, trabalho que vem sendo desenvolvido entre a JucisRS, Sebrae/RS e Prefeituras. “Estamos trabalhando para que os empreendedores tenham mais agilidade na hora de constituir sua empresa, motivando a desburocratização do registro mercantil brasileiro”, finaliza. Administrada por um Comitê Gestor, a Redesimples é composta por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresariais e sociedades simples.

Ao final do Seminário foi redigida a “Carta Brasil Mais Simples 2019”. O documento visa apresentar os principais pontos para orientar a formatação de políticas públicas voltadas à melhoria do ambiente de negócios para as pequenas empresas. Inscrições tributárias, Microempreendedor Individual (MEI), Viabilidade e Licenciamento também foram assuntos debatidos no encontro.

 

 

Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul