Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

JucisRS lança Junta Digital com acervo de 18 milhões de documentos digitalizados no RS

Publicação:

discurso  Itacir Amauri (1) (1)
Presidente da JucisRS, Itacir Amauri Flores oficializa Junta Digital no RS - Foto: Aline Marques
Por Denise Rodrigues

 A Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS - implantou, nesta quinta-feira (5), a Junta Digital. A partir de agora, todos os registros de empresas passam a ser feitos de forma online. Também foi lançado o acervo digitalizado de 18 milhões de documentos de registro mercantil do estado. A iniciativa é uma parceria entre a JucisRS, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae RS - e governo do Estado.

O presidente da JucisRS, Itacir Amauri Flores, em seu discurso, ressaltou que a Junta Digital chega para dar mais “celeridade e legalidade” aos atos constitutivos no RS. Segundo ele, foi necessário buscar uma gestão pública qualificada e técnica para consolidação de todo o processo, destacando que continuará trabalhando para modernizar os serviços prestados pela autarquia. “Não fizemos nada sozinhos”, afirmou, lembrando a atuação aglutinadora e perseverante de Paulo Roberto Kopschina, ex-presidente da JucisRS e atual diretor-geral do Detran. Amauri Flores também agradeceu a todos os envolvidos que se engajaram em consolidar o projeto Junta Digital que teve investimentos de R$ 7,4 milhões, sendo que R$ 5,5 milhões foi aporte do Sebrae e R$ 1,9 milhões do estado. Já em dezembro de 2018, será a vez de todo o RS contar com o sistema de registro digital, ou seja, sem papel.

O governador do RS, José Ivo Sartori, elogiou o empenho da direção da JucisRS em fazer com que os 18 milhões de documentos de registro mercantil estivessem totalmente digitalizados e entregue à população gaúcha. A diminuição de custos e depósitos de papel às empresas foram apontadas pelo governador como vantagens da nova plataforma. “Se queremos evoluir e inovar, temos que ter muita teimosia. Não adianta ter soluções velhas para problemas velhos”, acrescentou Sartori, que defendeu mudança de mentalidade.

“A partir de hoje, em Porto Alegre, as empresas passam a nascer digitais”, destacou o gerente da Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae Nacional, Bruno Quick, que agradeceu ao governador José Ivo Sartori pela “coragem de se somar a esse projeto nacional de fazer acontecer e apresentar resultado aos cidadãos, empresas e país”.

A cerimônia foi realizada no Salão Negrinho do Pastoreio no Palácio Piratini, e teve as presenças dos secretários, Josué de Souza Barbosa do Planejamento, Governança e Gestão, Maria Helena Sartori, Desenvolvimento Social, Trabalho Justiça e Direitos Humanos, e Evandro Fontana do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, além do presidente do Conselho Deliberativo do SebraeRS, Gedeão Silveira Pereira.

Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul