Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Presidente da Federasul, Simone Leite visita JucisRS

Renovação do convênio entre associações comerciais e prefeituras do interior é pauta de encontro de presidentes

Publicação:

09162207 1596815 GD
Presidente da JucisRS, Itacir Amauri Flores, enfatizou que uma lei ou decreto poderá ser criado para sanar o impasse das taxas

A manutenção dos convênios entre as Associações Comerciais (ACI’s) e Prefeituras para que os serviços prestados pela Junta Comercial em suas Unidades Desconcentradas no interior do estado continuem sendo executados foi a razão principal da visita da presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), Simone Leite, ao presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS – Itacir Amauri Flores, na manhã desta quarta-feira (9), na sede da autarquia.

Simone Leite parabenizou as iniciativas da JucisRS, principalmente o projeto que transformou o órgão de registro em 100% digital e destacou a importância de continuar estreitando laços e parcerias com o órgão de registro. Ela demonstrou preocupação em relação à manutenção do atual convênio que prevê a prestação de serviços nos municípios gaúchos que hoje contam com Escritório Regional (ER) da Junta Comercial. Durante a reunião, Simone Leite reafirmou o quanto é importante o serviço desenvolvido pelas ACI’s, Prefeituras e JucisRS no interior do estado.

A presidente da Federasul defende a manutenção dos servidores que já atuam nas cidades conveniadas já que os mesmos têm contribuído para a melhoria dos serviços públicos do nosso Estado. Segundo ela, a desburocratização é fundamental para o desenvolvimento econômico dos municípios, lembrando ainda que a Federasul acredita que o debate com o Executivo seja produtivo para resolver a atual situação, acrescenta Simone Leite que ficará à frente da Federasul até 2020.

O presidente da JucisRS, Itacir Amauri Flores, enfatizou que uma Lei ou Decreto poderá ser criado para sanar esse impasse envolvendo a cobrança de taxas. Ele explica que com o término do recebimento dos processos físicos, não existe mais a possibilidade de cobrança extra nos Escritórios Regionais. “Nosso objetivo é sugerir um grupo de trabalho para elaborar sugestões ao governo estadual como o aproveitamento do excepcional quadro técnico das Prefeituras e ACI’s do interior do estado”, finaliza Amauri Flores.

Também estiveram presentes à reunião representando a Federasul, o vice-presidente de Produtos e Serviços, Regis Albino Marques, o vice-presidente de Integração, Rafael Goelzer e a gerente Executiva, Elaine de Paula. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul