Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

JucisRS promove curso sobre Registro Digital e atrai contadores de Porto Alegre e Região Metropolitana

Direção da JucisRS prevê ampliar a capacitação para outras categorias profissionais que utilizam os serviços da autarquia

Publicação:

curso  foto 1
Chefe do Atendimento, Silvio Ramão deu orientações sobre o Registro Digital - Foto: Aline Marques

Cerca de 30 contadores participaram na tarde de ontem (7) da capacitação sobre Registro Digital na sede da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS -. O curso teve como objetivo apresentar aos profissionais da área Contábil a nova plataforma que faz parte do projeto Junta Digital. O setor de Plenário da autarquia, recentemente reestruturado e equipado com modernos computadores ficou lotado de profissionais liberais e representantes de escritórios de Contabilidade da Capital e Região Metropolitana de Porto Alegre.

Como usuários do Sistema de Registro Mercantil – SRM – os participantes receberam orientações sobre o funcionamento do Registro Digital já que o cronograma da Junta Digital em fase final e passa a abranger todos os atos a contar de 1º. de julho (sede).O SRM é uma ferramenta que promove a gestão de todo o processo de registro de empresas e atividades afins da Junta Comercial, abrangendo todas as etapas do processo de registro: protocolo, análise, aprovação, devolução, digitalização e arquivamento de documentos. 

Devido à grande demanda, o secretário-geral da JucisRS, Cleverton Signor, informa que, em breve, será realizado outro curso para contemplar os contadores que não conseguiram vaga nesta primeira edição. Os usuários que não receberam o e-mail de confirmação devem ficar atentos que logo nova palestra será ministrada nas dependências do órgão de registro. A direção da JucisRS planeja, ainda neste ano,  destinar a capacitação para outros profissionais como advogados, administradores e economistas, entre outras categorias que fazem uso dos serviços disponibilizados pela autarquia.

Signor explica que o SRM permite que tudo seja feito pela internet, ou seja, os serviços estarão disponíveis sete dias por semana, 24 horas por dia, sem necessidade do uso de papel. Ele enfatiza que além da comodidade e simplicidade nas operações, há redução de custo para o cidadão/empresário. “O SRM gera uma prestação de serviço mais ágil e maior segurança jurídica”, finaliza, ressaltando a importância da capacitação dos contadores para utilização do Sistema. A palestra foi ministrada pelo chefe do Setor de Atendimento da JucisRS, Silvio Moisés Ramão.

Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul